Projeto mobile: por que sua empresa precisa criar um

Projeto mobile

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Já passou da hora de a sua empresa ter um projeto mobile.

Não estamos falando apenas de aproveitar uma tendência de mercado e garantir mais visibilidade para o seu negócio, mas também de alçar a empresa a outro patamar.

É claro que nada disso pode ser encarado como uma aventura.

Se faz necessário bastante planejamento estratégico na hora de definir diretrizes, metas e monitorar resultados.

Esses são alguns elementos que vamos abordar neste artigo, além de apontar o quanto as soluções digitais podem ser grandes aliadas dos seus objetivos.

Continue com a gente e entenda tudo sobre projetos mobile!

O que é um projeto mobile?

Projeto mobile é toda e qualquer solução digital idealizada para dispositivos móveis, como aplicativos.

Ele não difere muito de outro tipos de programas, como os voltados aos desktops, por exemplo.

A premissa é basicamente a mesma, no entanto, a sua principal diferença está em ser ainda mais conciso na divulgação das informações.

Se a tela de um notebook já é pequena, imagina o visor de um smartphone?

Por isso, conteúdo relevante em dimensões reduzidas é um dos desafios centrais de um projeto mobile.

Aí, então, entramos em algumas questões importantes, como tempo de carregamento de telas, arquitetura da informação, design responsivo, segurança de dados, entre outras que impactam diretamente na experiência do usuário.

Exemplos de projeto mobile

Os aplicativos são os grandes produtos de um projeto mobile.

No entanto, existem diferentes tipos, que podem ser resumidos em três exemplos, como detalhamos a seguir.

Aplicativo web

Não chega bem a ser um aplicativo, mas sim um site desenvolvido especificamente para dispositivos móveis.

Basicamente, conta com design responsivo, que se adapta aos diferentes tamanhos de telas.

Sua programação é feita com linguagem HTML5, CSS e Javascript.

Entre os seus principais pontos positivos, estão o fato de que costuma ter um custo de desenvolvimento menor e roda em qualquer tipo de dispositivo, desde que este tenha algum navegador.

Já em relação aos contras, podemos citar que os aplicativos web só funcionam com internet, são mais lentos por não estarem vinculados a nenhum sistema operacional específico e, por essa mesma razão, não conseguem aproveitar todos os recursos que o seu aparelho oferece.

Aplicativo nativo

São aqueles aplicativos específicos de algum sistema operacional (Android ou iOS), que você encontra nas lojas virtuais.

As linguagens de programação usadas em cada app nativo vai depender do sistema em questão.

No caso do Android, Java e Kotlin são os mais utilizados, enquanto Swift e Objective-C são as mais famosas para iOS.

A modalidade apresenta benefícios como maior velocidade, desempenho, confiabilidade e uso de ferramentas e recursos próprios do smartphone.

Os dois principais pontos negativos de um aplicativo nativo são a compatibilidade, uma vez que só funciona em um determinado sistema operacional, e os custos, que costumam ser mais elevados no desenvolvimento do projeto mobile.

Aplicativo híbrido

Como o próprio nome já entrega, o aplicativo híbrido é um misto entre o web e o nativo.

Além disso, possibilita que o app seja distribuído nas lojas digitais.

Quanto à linguagem de programação, ele utiliza muito HTML5, CSS e Javascript, assim como os aplicativos web.

Seus prós estão em funcionar como um meio termo entre as duas modalidades anteriores.

Por exemplo, seu desempenho é superior aos apps web, mas em termos de personalização, experiência do usuário e integração de recursos com o smartphone, ainda fica devendo em relação aos nativos.

Por que investir no mobile?

Você sabia que, em 2025, o mobile commerce deve movimentar incríveis US$ 3,1 trilhões? 

Os dados são de estudo conduzido pela Juniper Research e divulgado pelo portal E-commerce Brasil.

Não é difícil entender o porquê desse panorama tão positivo.

É claro que a pandemia da Covid-19 ajuda a explicar um pouco desse boom tão grande, mas não é somente isso.

O consumidor está em busca, cada vez mais, de conveniência, integração, soluções e conteúdos personalizados.

Tudo isso pode ser apresentado por um projeto mobile bem-feito.

Se você e sua empresa se preocupam com os seus clientes, investir no mobile é mais do que uma opção: é questão de sobreviver no mercado.

Como fazer projetos mobile: passo a passo

Desenvolver projetos mobile exige muito planejamento.

Por isso, separamos um passo a passo que pode ajudar você na implementação da sua solução digital.

Acompanhe!

1. Contrate uma empresa especializada e com experiência comprovada

Toda decisão corporativa bem-sucedida começa com a definição da equipe de profissionais responsável por realizar o serviço.

Quando você quer mais resultados com divulgação, fala com o marketing. 

Buscando parcerias econômicas? Hora de acionar o financeiro.

O mesmo raciocínio vale para o desenvolvimento de um projeto mobile: contrate uma empresa reconhecida pelas suas soluções digitais eficazes.

A dica é ir além do simples orçamento, mas conversar com o time técnico, conhecer o seu portfólio e verificar possibilidades de implementação.

2. Alinhe os seus objetivos com as ferramentas e os recursos disponíveis

Quando se tem uma empresa parceira já em mente, é o momento de analisar o que pode ser feito com os instrumentos disponíveis e, sobretudo, com o que o seu orçamento oferece.

Os objetivos também podem ser alinhados com base na experiência da equipe de desenvolvedores, que será capaz de apontar caminhos que trazem resultados com base no perfil de usuário que você pretende atingir.

3. Acompanhe as etapas do projeto

Um projeto mobile precisa ser feito em parceria: o conhecimento técnico e a experiência dos programadores e desenvolvedores com os objetivos corporativos da sua empresa.

Portanto, crie um ambiente de confiança, em que seja possível acompanhar a adoção do layout e os cuidados com a linguagem visual, por exemplo.

4. Estipule prazos e realize testes

Cronograma aberto e detalhado: esse é outro segredo para que o seu projeto mobile atinja os objetivos traçados.

Quando o app começa a ganhar forma, com os storyboards e os wireframes, faça questão de aprovar e acompanhar de perto esses processos.

E não esqueça: testes são sempre muito bem-vindos.

Comece agora seu projeto mobile

Quer ter a segurança de ter um projeto mobile alinhando aos seus objetivos corporativos e com o maior suporte do mercado?

Então, entre em contato com o Mundo DevOps e peça já um orçamento.

Ficaremos felizes em ajudar você em seus resultados.

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Veja mais

Você Quer Impulsionar Seu Negócio?

mande-nos uma mensagem e mantenha contato

Atendimento Mundo DevOps
Enviar via WhatsApp