Empresas de desenvolvimento de aplicativos: 7 dicas para escolher a melhor

Empresas de desenvolvimento de aplicativos

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Uma rápida pesquisa no Google permite identificar várias empresas de desenvolvimento de aplicativos.

Mas você sabe o que avaliar na hora de escolher a parceria certa?

O valor cobrado pelo serviço é relevante, claro, mas não pode ser o único critério.

Afinal, estamos falando da presença digital do seu negócio ou da realização de um projeto tão aguardado.

Neste texto, vamos trazer dicas que podem ajudar você nessa importante decisão. 

Confira!

O que são empresas de desenvolvimento de aplicativos?

Cada vez mais requisitadas, as empresas de desenvolvimento de aplicativos são negócios especializados na oferta de soluções digitais para dispositivos móveis.

Seu foco está em auxiliar companhias que queiram oferecer um atendimento diferenciado aos clientes, facilitar a rotina produtiva dos próprios colaboradores e, definitivamente, marcar presença no meio virtual.

Afinal, ter um app próprio diz muito a respeito de uma marca.

É sobre adotar uma estratégia sob medida, personalizada aos interesses do empreendimento e dos consumidores.

Ou seja, empresas de desenvolvimento usam o que a tecnologia pode oferecer de melhor para aproximar o público e gerar lucratividade.

Como é o trabalho de uma empresa que desenvolve aplicativos?

Uma empresa que desenvolve aplicativos não se preocupa apenas com a parte técnica da criação da ferramenta, em si.

O seu trabalho, na verdade, começa com procurar entender as necessidades do cliente e de que maneira a tecnologia proposta pode ajudar.

Um app pode ser usado para diferentes fins.

Se a ideia é servir como uma plataforma de vendas, a organização é uma. 

Agora, se o propósito é usar o aplicativo como um canal de relacionamento, os atributos são outros.

As opções são muitas, então, é importante agir de modo estratégico para fazer a escolha certa e não desperdiçar recursos ou gerar frustrações.

Também é fundamental definir o público-alvo que a empresa pretende atingir.

Informações como faixa etária e alguns hábitos mais comuns vão ajudar a construir uma solução personalizada às dores desses consumidores.

Depois de elaborar esse planejamento estratégico, é chegada a hora de partir para o desenvolvimento, propriamente dito.

Tudo começa com a montagem de um esboço, passa pela criação dos wireframes e do storyboard e, depois, pela elaboração do seu back-end.

A escolha do framework ideal, a montagem da interface do usuário, a validação do modelo e a submissão dos testes até o lançamento do app são outras etapas que a empresa de desenvolvimento gerencia.

7 dicas para escolher uma empresa de desenvolvimento de apps

Como a gente adiantou lá no início, você deve levar em conta diversos fatores na hora de escolher uma empresa de desenvolvimento de aplicativos para o seu projeto ou negócio.

Os sete principais são estes aqui:

1. Saiba o que você quer

Para facilitar a definição da empresa, tenha uma boa ideia sobre o que você procura.

Não é necessário dominar questões técnicas, mas saiba o que pretende com o projeto a desenvolver.

O foco é um app nativo, híbrido, web ou multiplataforma, por exemplo? Qual dificuldade do público você busca sanar?

Assim, vai ficar mais fácil transmitir suas ideias durante uma negociação e entender se a solução está ou não ao alcance da desenvolvedora.

Se achar pertinente, apresente referências. Mostre alguns projetos digitais que servem de inspiração.

2. Avalie o portfólio de clientes

Ainda que não seja uma garantia de fazer a melhor escolha, conferir a lista de clientes atendidos pela empresa desenvolvedora de aplicativos dá uma ideia do trabalho que ela já realiza.

Mais do que procurar por empreendimentos famosos, preocupe-se em olhar as soluções trazidas.

Navegue pelo app desenvolvido e, se achar necessário, busque um feedback do negócio atendido para ter uma opinião mais embasada.

3. Compare serviços e busque o melhor custo-benefício

Existem diversas empresas que oferecem soluções digitais corporativas nos dias de hoje.

Por isso, não feche negócio com a primeira que você tiver acesso.

Contratar esse tipo de serviço não é diferente de qualquer outra aquisição que venha a fazer.

Quando você vai comprar um material de escritório, por exemplo, são feitos diversos orçamentos e, ao admitir um novo colaborador, é organizada uma seleção.

Ou seja, há um processo por trás.

Algo parecido deve acontecer ao escolher uma das empresas desenvolvedora de aplicativos: compare serviços e busque a melhor alternativa.

4. Desconfie de soluções mágicas

Da mesma forma que existem companhias sérias, que oferecem soluções digitais de qualidade aos seus clientes, também há outras abaixo da crítica.

Desenvolvimento de aplicativos em tempo recorde, preços muito abaixo do que o mercado pratica, promessa de recursos ilimitados em um tempo curto demais.

Essas são algumas das ofertas que exigem a atenção para não cair em uma cilada.

Também no desenvolvimento de aplicativos não existe milagre.

5. Questione as metodologias

Não deixe de tirar todas as suas dúvidas antes de fechar o contrato.

Um ponto importante que deve ser questionado é a validação do projeto.

Algumas empresas têm cláusulas que só permitem que o cliente verifique como ficou o app em sua versão final, logo antes do lançamento.

Essa não é uma prática das mais recomendadas: o ideal é que você possa ir testando o produto com o passar do tempo para ter certeza de que ele vai cumprir com suas expectativas.

6. Verifique a existência de suporte

Um aplicativo não é uma solução pronta.

Assim como qualquer outro projeto digital, ele demanda atualizações periódicas e melhorias pontuais.

Por isso, é bom verificar também se existe algum tipo de suporte que dê conta desses serviços.

Ou seja, estamos falando de um planejamento em longo prazo, que exige uma reserva orçamentária.

7. Considere todas as suas necessidades

A última dica é, na verdade, uma reflexão final: você deve levar em conta suas prioridades.

Por exemplo, qual é a urgência do seu projeto?

Sempre lembrando que, quanto mais curto for o prazo, maiores são as chances de o aplicativo não atender às expectativas por completo ou custar mais caro.

Afinal, a pressa pode atrapalhar o desenvolvimento de um código otimizado, sem bugs ou quebras.

Além disso, é preciso avaliar o quão fechado é o escopo do seu projeto.

O ideal é ir com a mente um pouco mais aberta para que contribuições positivas possam ser feitas, inclusive, durante a execução.

Conclusão

Ainda em dúvida sobre qual das empresas de desenvolvimento de aplicativos contratar para criar um projeto digital para o seu negócio?

Entre em contato com a equipe do Mundo DevOps e conheça as nossas soluções personalizadas!

Aqui, somos especialistas em oferecer inovação e tecnologia na medida certa!

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Veja mais

Você Quer Impulsionar Seu Negócio?

mande-nos uma mensagem e mantenha contato

Atendimento Mundo DevOps
Enviar via WhatsApp