Criar aplicativos Android: tudo o que você precisa saber

Criar aplicativos Android

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Se você está pensando em desenvolver soluções digitais para a sua empresa, criar aplicativos Android pode ser uma boa ideia.

É claro que para embasar essa decisão você precisa conhecer os benefícios e as facilidades que esse sistema operacional oferece.

E o intuito deste artigo é, justamente, esse.

Portanto, acompanhe o conteúdo que preparamos especialmente para você. Boa leitura!

Criar aplicativos Android: vale a pena?

A resposta para essa pergunta vai depender dos objetivos traçados para o seu projeto digital.

Mas, via de regra, sim, vale a pena criar aplicativos Android.

Afinal, estamos falando do sistema operacional mobile mais utilizado no mundo.

Só para você ter uma ideia, 9 em cada 10 brasileiros têm um smartphone Android, segundo pesquisa da Bain & Company.

Apostar na preferência nacional também é vantajoso por outro motivo: ao contrário do maior concorrente (iOS), a App Store do Android (Google Play) é muito mais descomplicada.

Aplicativos ficam disponíveis rapidamente para download, mesmo em suas versões de teste, o que facilita o processo de desenvolvimento.

Mais um ponto positivo é que a linguagem utilizada permite uma portabilidade acessível.

Sendo assim, caso a sua empresa decida desenvolver um projeto em outra plataforma, a migração não fica tão complexa.

Isso porque estamos falando apenas da comparação entre Android e iOS.

Agora, se a sua dúvida é sobre contar com um app nativo ou um híbrido, é preciso levar em consideração outros aspectos, como rapidez, segurança, personalização e experiência do usuário.

Entenda melhor a seguir.

Aplicativos nativos x híbridos

Você sabe qual é a diferença entre um app nativo e um híbrido?

Os nomes já entregam bastante.

Enquanto o primeiro usa uma linguagem própria de determinado sistema operacional (Android ou iOS), o segundo é uma mistura entre códigos nativos e web.

Por exemplo, um aplicativo Android nativo utiliza, preferencialmente, a linguagem Java, ao passo que um app híbrido pode usar também HTML5 e CSS.

Na prática, isso significa ter recursos 100% compatíveis com os dispositivos em questão e uma integração maior com as funcionalidades do aparelho (câmera, GPS, leitor de digital).

Em resumo, um app nativo tende a ser mais rápido, seguro, personalizável e oferecer uma experiência ao usuário melhor.

Quem pode fazer o seu aplicativo Android?

É importante destacar que não existe um projeto perfeito.

Assim como os aplicativos nativos têm os seus benefícios, os híbridos também apresentam os seus.

Tudo depende do propósito da sua empresa e dos recursos disponíveis.

E para alinhar esses aspectos, é fundamental contar com uma equipe de especialistas.

Afinal, são eles que oferecem o suporte necessário, não apenas paras as questões técnicas e operacionais, como também durante o planejamento estratégico.

Experiência e know-how são imprescindíveis na hora de desenvolver o seu aplicativo Android.

Portanto, encare a contratação de um time de programadores e desenvolvedores como um investimento que, ali na frente, vai trazer retorno.

Como criar aplicativos para Android?

A primeira dica foi dada: não se aventure, conte com uma equipe de especialistas.

Agora, confira os outros passos para criar aplicativos para Android que separamos para você.

Defina metas

Um aplicativo deve atender a uma finalidade, e isso precisa estar muito bem definido.

Não importa se o objetivo é estreitar a relação com o público ou otimizar a rotina produtiva, ele será o norte de todas as suas ações.

Estabeleça a audiência

Depois de definido o propósito, deve ser determinado o público-alvo pretendido pelo projeto.

Quanto mais específicos forem os dados extraídos dessas personas, mais eficientes serão as estratégias implementadas.

Garanta os recursos necessários

Tanto o desenvolvimento do app quanto a sua manutenção exigem investimento financeiro.

Para não ser pego de surpresa, é preciso ter bem mapeado os recursos necessários para esses processos.

Parcerias podem ser uma boa estratégia nesse sentido.

Escolha a ferramenta de desenvolvimento certa

Depois de se deter ao planejamento estratégico, é hora de começar a prestar atenção nos aspectos mais técnicos.

E o primeiro deles é escolher o IDE oficial do sistema operacional em questão: o Android Studio.

Configure o Android Studio

O Android Studio é bem intuitivo, o que facilita a sua configuração.

Nele, é possível criar um projeto do zero ou já com algumas atividades preestabelecidas.

É nesta etapa também que você vai nomear o seu app, definir a versão de API, a linguagem (Java), entre outros.

Execute ou emule o app

Aqui, o seu app começa a criar cara mesmo.

Este é o momento em que o Android Studio busca o dispositivo físico capaz de rodar o projeto.

Caso não encontre, é possível emular um modelo virtual e configurar conforme os requisitos desejados.

Explore códigos e edite layouts

Até este passo, o seu app foi criado a partir de configurações padrões.

Para adicionar funcionalidades e incluir tarefas, você vai precisar trabalhar com os códigos disponíveis, que impactam no layout.

Frameworks, banco de dados, bibliotecas e servidores também podem vir a ser necessários nesse processo.

Mas não vamos nos estender aqui, porque são questões mais técnicas.

Teste o aplicativo

Depois de cuidar do planejamento back-end, é o momento de testar o seu app para que ele não apresente erros.

Na Google Play, é possível publicar versões alfa e beta dos projetos para que um conjunto restrito de usuários avalie o aplicativo antes de ele ser lançado para o grande público.

Ou seja, você pode corrigir bugs e outros problemas de compatibilidade sem disponibilizar o app para o download geral, o que ajuda a economizar tempo e dinheiro.

Lance o app

Feitos todos os testes e concluído que está tudo pronto, você já pode planejar o lançamento do aplicativo na Google Play.

Para isso, é necessário criar um perfil de desenvolvedor e pagar as taxas de submissão.

Outro ponto fundamental é alinhar o lançamento do projeto com uma campanha de marketing corporativa para aumentar a visibilidade da ação.

Conclusão

Não importa se o seu objetivo é criar aplicativos Android, iOS ou híbridos: nós, do Mundo DevOps, temos o projeto ideal para você.

Contamos com a melhor equipe de especialistas no mercado e um portfólio vasto com diferentes empresas atendidas e soluções de sucesso implementadas.

Acesse agora mesmo o nosso site, faça o seu orçamento e vamos firmar mais uma parceria inovadora e bem-sucedida.

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Veja mais

Você Quer Impulsionar Seu Negócio?

mande-nos uma mensagem e mantenha contato

Atendimento Mundo DevOps
Enviar via WhatsApp